terça-feira, 19 de dezembro de 2017

Apresentação do TCC de Hugo Paz, sobre seu trabalho poético


Foi simplesmente emocionante!!!
Apresentar meu TCC, para o curso de Artes visuais da FMU  onde abordei sobre minha experiência na poesia contemporânea.
Um trabalho sobre poesia como reflexão e crítica social. O sonho cada vez mais, está incendiando as chamas da esperança.
E para mim foi uma imensa honra, nesse percurso de 8 anos me dedicando a arte poética, poder relatar minha vida, e a de autores que também revolucionaram suas histórias através a poesia.
Poesia dos saraus alternativos, do cotidiano, do negro e do latino.
De todas etnias e povos, que fazem da arte sua resistência e cultura.
Minha poesia emergiu de um sonho de encontrar um caminho, e desde meus primeiros versos que, escritos muitas vezes em papéis de pão e guardanapo.
Hoje atingiu vários públicos, espaços e linguagens.
Os sonhos se realizam, basta nos dedicarmos a eles, e acreditarmos profundamente.
Esse ano foi de muito trabalho. E os frutos foram colhidos.
Que venha o mestrado, e ano que vem volto  com tudo.
Chegou a hora de fazer história.
Pois ontem, foi épico, marcante.
Valeu ter esperado!!!
Carrego com muito orgulho a bandeira da arte e da poesia.

" O mundo está nãos mãos daqueles que tem  a coragem de sonhar e de  correr o risco de viver seus sonhos".

Paulo Coelho.



















quinta-feira, 14 de dezembro de 2017

Soy Yo


Soy Yo!

En caricatura

Por Onézio Cruz





Projeto Cachola poética em vista




Essa semana, me despedi do quadro que fiz, para o projeto Cachola poética . Voltado para meninos em situação de abrigo.
Onde inspirado na obra de um jovem poeta, expressei através das tintas, meus sentimentos e emoções.
Em breve exposição com minha obra e de outros artístas.
Desde já muito agradecido ao amigo Daniel Mirolli pelo convite.
Abraços pictóricos e poéticos.


domingo, 3 de dezembro de 2017

Pintura para projeto Cachola poética


Inspirado na poesia "Mundão" do jovem Wesley Augusto Jardim, que está participando do projeto Cachola poética.
Voltado para meninos em situação de abrigo.
Projeto Coordenado pelo amigo Daniel Mirolli.
Poesia e artes plásticas numa junção em prol da vida e da integração cultural.

Mundão
Eu queria gritar, mas me calei!
Eu queria fugir, mas fiquei!
Eu queria me abrir, mas me fechei!
Eu queria sair, mas não pude!
Eu queria ver o mundo, mas não pude!
Eu queria ter família, mas não tive!
Eu queria amar, mas não pude demonstrar!
Eu queria ler, mas li para mim mesmo!
Eu queria ter a minha autonomia, mas não tive!
Eu queria ter os meu direitos, mas foram violados!
Eu queria ter um romance, mas me decepcionei!
Tudo que eu passei, estava aqui, mas foi para me tornar forte
Porque finalmente estou com um pouco de medo, mas estou muito feliz
Pela mesma porta que eu entrei eu vou sair
De cabeça erguida o meu sonho está se realizando pouco a pouco

Wesley Augusto Jardim


Título: Interferência

Estilo: Primitivismo/ Grafite/ Arte contemporânea

Composição:óleo sobre tela


Artista: Hugo Paz


quarta-feira, 25 de outubro de 2017

Os olhos da revolução

Eu sou a revolução,
Sou as horas que correm rumo ao desespero
Nas intempéries de minhas andanças.

Navego no triunfo da causa,
Para me abrigar
Em meus dilemas mais profundos.

Sou a revolução de mim mesmo
E de ninguém...
Penetro nos sentidos do absurdo,
Para promover novas descobertas.

Regras primárias
Não seduzem minhas indagações.

E a revolução que desperta em mim
Não se subtrai a um propósito concreto...
Mas sim, a um encontro que me levará a desvendar
Aquilo que se perdeu.
No conflito de minhas lembranças.


Hugo Paz


segunda-feira, 23 de outubro de 2017

Hugo Paz em bate papo no museu de saúde pública



Em participação no evento que aconteceu no Museu de saúde pública Emílio Ribas, a convite do amigo e ativista cultural, Victor Gonzalez, onde eu e o poeta Serginho Poeta, fomos entrevistados, além de ter participado de um roda de leitura de textos sobre imigrantes da América latina.
Uma tarde enriquecedora e produtiva, com muita poesia, artes e hibridismo cultural.
Muito obrigado ao projeto Ecos latinos e todos participantes dessa grande evento.

Abraços poéticos.